E quanto à comunicação aos familiares?

Deve-se levar em consideração os mesmos tópicos levantados na questão anterior. Também baseado no CEM e no parecer do CRM/SP, é fundamental que sejam respeitados os desejos do paciente frente a seus familiares. É lícito, no entanto, mostrar ao paciente a importância do envolvimento de algum familiar em seu processo de tratamento, principalmente por ser uma doença crônica, com período de seguimento muitas vezes prolongado. … Continuar lendo E quanto à comunicação aos familiares?

Avalie isto:

Adoção e HIV

Boletim Direitos Humanos em HIV/AIDS Adoção e HIV Nos nove anos de funcionamento da Casa Vida I e II, onde residem crianças de ambos os sexos, de O a 15 anos, sem limite de idade e com HIV/AIDS, 38 foram colocadas em adoção pelo Juizado da Infância e Juventude. Das 38 crianças colocadas em adoção, só uma foi adotada sendo HIV+. As outras todas, depois … Continuar lendo Adoção e HIV

Avalie isto: