Sistema Endocanabinoide e sistema nervoso central

Sistema Endocanabinoide

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Sistema endocanabinoide é uma descoberta fantástica para o trato do sistema nervoso central e periférico. E muito mais!

que, de forma embora ainda incipiente, promove a melhoria da qualidade de vida de pessoas cujos prognósticos eram menos que favoráveis. Neste texto, busco, traduzindo e apenas traduzindo, ajudar na busca pela resposta a esta pergunta:[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

O que é o sistema endocanabinoide?

O sistema endocanabinóide (ECS) desempenha papéis importantes em seu corpo muito além do processo do qual recebe o nome (sistema endocanabinoide) e está interagindo com o cânhamo, também conhecido como maconha. Percebeu termos um sistema com o nome relacionado à maconha? Sim, nós temos. Isso porque as substâncias provenientes da planta da maconha — canabinóides — foram descobertas primeiro.

O que é o sistema endocanabinoide?

Observemos a palavra “endocanabinoide”. “canabinoide” vem de “cannabis” e “endo” é a abreviação de “endógeno”, o que significa ser produzido naturalmente dentro do seu corpo. Portanto, “endocanabinoide” significa simplesmente substâncias semelhantes à cannabis que ocorrem naturalmente em nós.

O ECS em si, é composto de três partes:

  • Endocanabinoides
  • Receptores no sistema nervoso e ao redor do corpo que endocanabinoides e canabinoides se ligam a enzimas que ajudam a quebrar endocanabinoides e canabinoides

Não apenas o ECS é uma parte natural de nossos corpos, mas também é crucial. Você pode ter ouvido muitas afirmações sobre as propriedades medicinais da maconha em geral ou dos canabinoides THC e CBD. Com tantos efeitos aparentemente não relacionados, você pode se perguntar se é apenas um exagero de pessoas que querem a droga legalizada; no entanto, a ciência médica apoia muitas dessas alegações, e a razão para os efeitos de longo alcance tem a ver com o tamanho e o escopo do próprio sistema endocanabinoide.

O Sistema Endocanabinoide: Crucial para a Homeostase

Para entender o ECS, primeiro vamos entender o que é homeostase.

Basicamente, a homeostase é o esforço do seu corpo para manter tudo na zona certa. Ele tenta manter seu ambiente interno estável e ótimo, não importa o que esteja acontecendo no ambiente ao seu redor. Pense em todos os medidores no painel de um carro ou avião. Todos eles dizem ao operador se as coisas estão — ou não — operando na zona correta.

Assim como a eletrônica em um carro ou avião, seu corpo trabalha continuamente para monitorar níveis e funções importantes em seu corpo. Sua temperatura está muito alta, muito baixa ou apenas certa? Seus níveis hormonais são o que deveriam ser? Seu coração está batendo muito rápido? Precisa de combustível ou descanso? Há muito de algo se acumulando em sua corrente sanguínea ou dentro de suas células?

Quando algo está operando fora da faixa correta, seu corpo ativa o ECS para ajudar a corrigi-lo. Então, quando você estiver com muito calor e começar a suar, agradeça ao seu ECS por trabalhar para resfriá-lo. Estômago roncando? Esse é o seu ECS ajudando a lembrá-lo de comer porque você precisa de combustível.

O ECS faz isso por meio de receptores canabinoides encontrados em tecidos selecionados. Temos (pelo menos) dois tipos de receptores canabinoides:

  • CB1 que está no sistema nervoso central (cérebro e nervos da medula espinhal)
  • CB2 que está no sistema nervoso periférico (nervos nas extremidades), o sistema digestivo e especializado Células do sistema imunológico

Acredita-se que os receptores canabinoides estejam entre os mais abundantes em nosso sistema nervoso central, e alguns pesquisadores supõem que poderíamos ter um terceiro, ainda não descoberto, também.

Por meio desses receptores, o ECS ajuda a regular muitas funções importantes, como:

  • Apetite
  • Digestão
  • Função imunológica
  • Inflamação, incluindo neuro inflamação
  • Humor
  • Sono
  • Reprodução/fertilidade
  • Controle motor Regulação da
  • temperatura
  • Memória
  • Dor
  • Prazer/recompensa

Seu corpo ativa o ECS com precisão para causar impacto apenas no que precisa. Por exemplo, se seus hormônios reprodutivos estão fora de sintonia, funcionará para regulá-los sem alterar sua digestão ou sistema imunológico.

Então, uma vez que os endocanabinoides fizeram seu trabalho e trouxeram as coisas ao equilíbrio, certas enzimas aparecem para quebrá-los e impedi-los de ir longe demais e perturbar o equilíbrio na direção oposta. É uma resposta precisa.

É Diferente

Isso difere do que acontece se alguém fuma maconha e inunda seu sistema com canabinoides. Então, a droga tem amplos impactos na fisiologia, alguns dos quais podem ser benéficos, enquanto outros podem ser prejudiciais.

A homeostase é essencial para nossa saúde e sobrevivência, portanto, quando o ECS não está funcionando corretamente, pode causar muitos problemas para você.

Como os produtos de cannabis podem estimular a atividade do ECS, eles são alvos óbvios para possíveis tratamentos, e uma tonelada de pesquisas está sendo realizada em todo o mundo. Também temos medicamentos feitos de canabinoides sintéticos (criados em laboratório), como a droga nabilona.

Já estamos vendo muitas pesquisas sobre tratamentos à base de canabinoides e provavelmente veremos mais à medida que obtivermos uma melhor compreensão do sistema e das substâncias. As mudanças no status legal também impulsionaram a pesquisa.

O Papel dos Receptores e Enzimas

Quando alguém fuma maconha, um canabinoide da planta se liga ao receptor CB1 no cérebro e cria uma alta. Este canabinoide é chamado THC, que é a abreviação de delta-9-tetraidrocanabinol. Um de seus próprios endocanabinoides que se liga ao mesmo receptor é chamado anandamida.

Embora o THC e a anandamida sejam semelhantes, a anandamida não deixa você chapado como o THC. A anandamida tem um efeito calmante, no entanto. Na verdade, recebe o nome de ananda, a palavra sânscrita para bem-aventurança.

A razão pela qual a anandamida não nos deixa chapados e o THC sim está em algo chamado enzima FAAH. O trabalho da FAAH é quebrar a anandamida e outros endocanabinoides. Ele funciona rapidamente naqueles que seu corpo cria, mas não pode quebrar o THC. Isso significa que o THC permanece por muito mais tempo portanto, tem um efeito muito maior.

No cérebro, os canabinoides e os endocanabinoides funcionam como neurotransmissores (mensageiros químicos que transmitem informações de uma célula para a outra). Todos os neurotransmissores interagem com muitos receptores diferentes assim, têm muitos efeitos diferentes.

Um canabinoide à base de plantas que recebeu muita atenção dos pesquisadores é o canabidiol ou CBD. Não possui propriedades psicoativas, portanto seus benefícios vêm sem a alta do THC. Uma função conhecida do CBD no cérebro é impedir que a enzima FAAH quebre a anandamida, para que a anandamida possa ter mais impacto. Acredita-se que seja por isso que o CBD pode ajudar a tratar transtornos de ansiedade.

Deficiência de endocanabinoides

À medida que a ciência médica aprendeu mais sobre o ECS, também descobriu várias condições que parecem estar relacionadas à desregulação do sistema, chamada deficiência endocanabinoide clínica (CECD). CECD não é uma doença em si, mas é um termo abrangente que engloba condições com essa característica comum.

As condições para as quais há evidências de que a CECD pode desempenhar um papel incluem:

Essas condições são, às vezes, chamadas “condições funcionais” ou “síndromes de sensibilidade central”. Eles tendem a ser resistentes à maioria dos tratamentos, então os pesquisadores estão procurando tratamentos à base de cannabis.

Essas condições também geralmente envolvem mais de um sistema — o que faz sentido quando você observa as áreas influenciadas pelo ECS.

Por exemplo, a fibromialgia envolve o sistema nervoso central e periférico, o sistema imunológico, o sistema endócrino (hormonal) e até o sistema digestivo. também tem sido associada à perimenopausa prematura, problemas com a concepção precoce e a necessidade de histerectomia. Sensibilidade à temperatura e memória fraca são sintomas comuns.

Isso parece um saco de problemas não relacionados até que você pense em homeostase e ECS.

Ainda estamos no início do processo de descobrir como corrigir a deficiência de endocanabinoides, mas a crescente disponibilidade de produtos à base de maconha medicinal e CBD foi amplamente adotada pela comunidade de pacientes e provavelmente veremos muito mais pesquisas nessa área.

Potencial de tratamento

Os canabinoides estão sendo pesquisados ​​como tratamentos potenciais para todos os tipos de condições, não apenas aquelas que envolvem deficiência de endocanabinoides.

Algumas das doenças para as quais estão sendo pesquisadas incluem:

O CBD já está em uso para epilepsia pediátrica, dor, inflamação, acne, asma e uma série de outras condições.

Ponto a Ponderar

Certamente, canabinoides como maconha e óleo CBD parecem ser muito promissores como tratamentos para uma ampla gama de doenças. No entanto, lembre-se de que qualquer tratamento, mesmo os naturais, pode causar efeitos colaterais indesejados. O autotratamento pode ser perigoso e colocar sua saúde em risco, portanto, inclua seu médico em suas decisões.

A boa notícia é que legalizar os produtos de cânhamo não apenas abrem opções de tratamento para muitas pessoas, mas também pode acelerar a pesquisa médica sobre o CBD e, eventualmente, reduzir os preços.

Se você precisa de maiores informações sobre Canabidiol fique à vontade para me procurar através do WhatsApp +55 13 991 585 780, para falar comigo, Cláudio Souza.
Por favor, me procure, inicialmente, por mensagens, pois nem sempre estou com o celular por perto e, tenha certeza, eu sempre respondo!

Traduzido por Cláudio Souza do Original em What Is the Endocannabinoid System? (verywellhealth.com)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/3″][vc_column_text]

//www.instagram.com/embed.js[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][bs-mix-listing-3-4 title=”” icon=”” hide_title=”0″ heading_color=”” heading_style=”default” title_link=”” category=”581723458″ tag=”” count=”5″ post_ids=”” offset=”” featured_image=”0″ ignore_sticky_posts=”1″ author_ids=”” disable_duplicate=”0″ time_filter=”” order=”DESC” order_by=”date” orderby_meta_key=”” orderby_meta_value_type=”CHAR” _name_1=”” post_type=”” taxonomy=”” _name_2=”” cats-tags-condition=”and” cats-condition=”in” tags-condition=”in” tabs=”” tabs_cat_filter=”” tabs_tax_filter=”” tabs_content_type=”deferred” paginate=”none” pagination-show-label=”0″ pagination-slides-count=”3″ slider-animation-speed=”750″ slider-autoplay=”1″ slider-speed=”3000″ slider-control-dots=”off” slider-control-next-prev=”style-1″ bs-show-desktop=”1″ bs-show-tablet=”1″ bs-show-phone=”1″ custom-css-class=”” custom-id=”” override-listing-settings=”0″ listing-settings=”” bs-text-color-scheme=”” css=””][vc_single_image image=”205309″ img_size=”full”][/vc_column][vc_column width=”1/3″][vc_column_text]

//www.instagram.com/embed.js[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

CannaMeds (@cannameds.brasil)

De Oliveira RW, Oliveira CL, Guimarães FS, Campos AC. Sinalização de canabinoides na neurogênese embrionária e adulta: possíveis implicações para distúrbios psiquiátricos e neurológicos. Acta neuropsiquiátrica. 16:1-16 de maio de 2018. doi:10.1017/neu.2018.11

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

8 comentários sobre “Sistema Endocanabinoide

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog, e o mundo, é muito melhor com amigos!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.